Sua missão na vida

bAssim como há pessoas inconformadas com a vida neste mundo, cheia de pesares e desilusões, também existem aqueles resignados e felizes com as posses, riquezas, crédito bancário, poder. Como isso se aplica à fala de Jesus de que no mundo Seus seguidores teriam aflições e estes deveriam tomar sua cruz?

Há alguns anos, a Universidade Andrews, nos Estados Unidos, adotou o lema “Prepare-se para algo que dure mais que uma vida” a fim de mostrar a extensão eterna da educação ideal. O contexto espiritual de cada indivíduo não pode ser tratado de modo diferente. As agruras e contratempos devem ser compreendidos como passageiros.

Se as situações se mostrassem sempre com aspecto positivo, não haveria motivos para alcançar outra felicidade. Não que se deva demonstrar conformismo com as perspectivas negativas ou um falso contentamento diante de possíveis derrotas. A hipocrisia se alia à mentira, prima de outros caracteres permissivos à natureza humana. A Bíblia revela Deus permitindo os percalços a fim de alertar Seus filhos de que há algo muito melhor a se conquistar e que seu lugar não é aqui.

Não há qualquer problema em se aproveitar das facilidades do mundo contemporâneo. O desafio diante do caos econômico e das mazelas políticas e sociais visa estimular a cada pessoa a começar a viver a eternidade enquanto se tem forças, jamais desperdiçando as oportunidades de compartilhar as verdades inseridas nessa experiência de relacionamento com Deus e que explicam sua missão na vida.

Ruben Dargã Holdorf

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná – UFPR (1993), doutorando em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, tem dois mestrados, um em Comunicação, Administração e Educação e outro em Educação pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo – Unasp (2005).

Comente