O amor acabou?

Era um casal perfeito, bem sucedido em tudo, para mim era um padrão de felicidade. Um belo dia, aquele bom amigo aproximou-se de mim e confessou-me para o meu espanto: – “não amo mais a minha esposa, não consigo nem olhar para ela, meu casamento acabou”.

Atualmente, como nunca, milhares de pessoas estão concluindo que o amor acabou e simplesmente se divorciam. A maioria afirma: “eu mereço ser feliz, cansei de sofrer”. Excetuando os casos de abusos físicos e traições, existe uma parcela de casais que se separa por motivos que Deus não reconhece como justificáveis.

O que vai no coração de Deus a esse respeito? O Senhor deixa claro em sua palavra alguns aspectos importantes a meu ver, tais como:

  1. O casamento foi instituído por Deus para ser eterno, sendo assim, Ele oferece o Seu amor – que é capaz de sustentar os mais difíceis relacionamentos.
  2. Satanás trabalha com extremo esforço e dedicação para impedir o amor – ele usa todos os recursos, inclusive os meios de comunicação, para imprimir conceitos mentirosos na mente humana, fazendo com cada pessoa obtenha uma compreensão equivocada sobre o amor.
  3. Com os conceitos de estética corrompidos, padrões morais rebaixados e um arsenal de pensamentos para sustentar a racionalização dos valores divinos, Satanás obtém vitória sobre a vida destes que seguem a multidão.
  4. Para Deus o amor “Eros” não é medido pelo nível do sentimento, pelo contrário, ele se constitui como um “princípio” divino. Contudo, não significa que o amor seja algo puramente racional, ele envolve sentimento também. Em outras palavras, o verdadeiro amor não se rende apenas aos sentimentos, mas principalmente a razão – ele é responsável, conseqüente e temente a Deus, porque vem do Senhor.
  5. Se uma pessoa sente que não tem mais amor por seu cônjuge, compreenda que isso não ocorreu da noite para o dia, foi um longo processo de afastamento da fonte do amor, que é Deus. O Todo Poderoso nunca aceitou a falta de amor como um motivo suficiente para por fim a um casamento. O Senhor Deus não quer perder a oportunidade de realizar um grande milagre na vida de um casal fracassado no amor.
  6. Deus deseja que Seus filhos, clamem a Ele, diariamente, para receberem o amor. Saiba que o amor é um milagre diário. “Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.” Romanos 5:5.
  7. Quando uma pessoa foge da oportunidade de um milagre, rejeitando-o, por não acreditar ou desejá-lo, está negando ao próprio Deus, está fechando o seu coração e negando uma oportunidade de salvação, crescimento e redenção. “Aquele que não ama, não conhece a Deus, porque Deus é amor”. 1João 4:8
  8. O cristão é um peregrino neste mundo e vai passando por muitos desafios que promovem o seu crescimento moral e espiritual. O seu grande desafio é vencer todos os obstáculos e jamais fugir de nenhum deles, porque quem foge de um acaba voltando futuramente ao mesmo ponto que o confrontará. Para vencer é preciso coragem, que só o Espírito Santo pode conceder, e muito apego a Cristo Jesus.

Como retornar ao milagre do verdadeiro amor?

a. Considere com cuidado os seis passos iniciais, a seguir:

  1. Faça um novo concerto com Deus;
  2. Dedique-se a consagrar sua vida fazendo uma reforma em seus hábitos, cuidando do que você vê, ouve e come;
  3. Ore e jejue pelo seu cônjuge e ore também com ele;
  4. Levante-se nas madrugadas para clamar pelo batismo do Espírito Santo e ler a Palavra de Deus;
  5. Não imagine que o amor retornará da noite para o dia, porque não foi assim que ele desapareceu, ou seja, não tenha ansiedade, viva um dia de cada vez;
  6. Não desista de persistir e Deus realizará o milagre.

b. Dicas de atitudes pessoais para caminhar em direção ao amor:

  1. Procure compreender o que é amor;
  2. É preciso decidir se você aceita amar novamente;
  3. Identifique mágoas e converse sobre elas com seu cônjuge;
  4. Diminua urgentemente as críticas, o desprezo e o desrespeito;
  5. Crie significados na vida em comum, não trate tudo como normal;
  6. Realize rituais em casal, seja criativo;
  7. Treinamento de afeição e admiração, procure observar as coisas boas;
  8. Resolva o que tem solução;
  9. Procure ajuda em terapia de casal;
  10. Tenha cuidado com fantasias sobre outras pessoas;
  11. Pergunte: quais necessidades suas não estão sendo supridas? Converse com o seu cônjuge sobre elas de maneira que ele se sinta informado e não criticado?
  12. Pergunte também: quais necessidades do seu cônjuge você não tem suprido? O que pode levá-lo a não corresponder às suas?

Sinto-me privilegiado por ter testemunhado milagres de casais completamente fracassados no amor e que se permitiram viver o plano de resgate de Deus. Agora, encontram-se unidos, usufruindo da incrível e prazerosa experiência do amor. O que era aparentemente impossível, transformou-se em emocionante história de amor.

Acredite, negue-se a si mesmo e ouse em confiar em Deus. Viva o extraordinário passo da fé, por amor a Deus. E prepare-se para viver o que você ainda não conhece. Viva o verdadeiro amor.


Manasses Queiroz
Conselheiro Espiritual

Comente