Em que nível de luz (de saúde) você está?

Você já pensou sobre o quanto de luz você consegue perceber sobre a vida? Percebe os pontos cegos no seu viver, na sua personalidade?
Jesus foi um dia a Jericó com Seus discípulos e seguido por uma grande multidão. Um mendigo e cego, Bartimeu, estava sentado na estrada para Jericó. Quando ele ouviu que era Jesus de Nazaré que passava por ali com aquele grupo de pessoas, começou a clamar: “Jesus, filho de Davi! Tem misericórdia de mim!” Ele gritava e as pessoas procuravam fazê-lo silenciar. Mas ele clamava ainda mais dizendo: “Filho de Davi! Tem misericórdia de mim!” Jesus decidiu parar, como Ele sempre faz quando um ser humano, qualquer um, clama por Ele. Ele mandou que chamasse o cego para perto dEle, o trouxeram e Ele disse-lhe: “Que queres que te faça?” E o cego imediatamente disse: “Mestre, que eu tenha vista.”

Qual a luz que você já tem? O que faz com ela? Quanto de luz você consegue perceber sobre a vida? Quer mais? Percebe os pontos cegos no seu viver, na sua personalidade? Admite isto para si mesmo? Entende que precisa de mais luz? Ou está satisfeito com a que possui? Jesus disse em outra ocasião que se a luz que há em uma pessoa é treva, quão grande será tal treva!

Existe uma gradação na inserção na vida em termos de percepção mental individual, de luz espiritual. A vida é espiritual. Claro, é física também por que há um corpo físico, uma estrutura anatômica e fisiologia. A mente origina-se no físico mas vem e vai além dele. O que é a mente e a luz espiritual que a ilumina?  Décadas de estudos e pesquisas no campo das neurociências ainda não esclareceram isto. Ainda há mistério nesta área.

Vida tem que ver com percepção da luz, com percepção das coisas. Quando Jesus perguntou ao cego de Jericó o que ele queria, claro que Ele sabia que ele queria enxergar fisicamente. Mas pelo relato bíblico podemos ver que aquele pobre homem também desejava a luz espiritual. Na verdade, ele foi sensível à esta Luz que é Jesus, por isso ele clamou tanto quando soube quem era que passava ali com aquela multidão. Era a própria Luz da vida, Luz do mundo: Jesus Cristo.

Ele ganhou não só a luz física, passando a ver a realidade material, mas ganhou a luz espiritual do discernimento do significado da existência que é espiritual. Por isso Jesus, percebendo isto nele, lhe disse: “Vai, a tua fé te salvou.” Esta frase de Jesus indica que houve ambas as curas: física e espiritual.

Em que nível de luz você está? Quer mais luz? Sente que precisa de mais? Ela virá. Só virá para o que for bom e para o bem. Só virá para você ser uma bênção para as pessoas. E virá para ser uma bênção em sua própria vida. “Que queres que te faça?”, pergunta Jesus a você agora. Com confiança, pela fé, em oração, diga a Ele o que você quer. Ele lhe dará o que você pede, e muito mais até, se o que você pede é realmente o que você necessita.

Dr. César Vasconcelos

Fonte: www.portalnatural.com.br

Comente