Mineiros resgatados surpreendem ao vestir camiseta religiosa

Alex Vega, com a bíblia na mão, mostra com orgulho a camiseta ao sair da mina
Foto: Governo do Chile/Divulgação
Michell Bruguerolles Direto de Copiapó

Os familiares dos primeiros mineiros resgatados da mina San José estão emocionados e surpresos não apenas com o impacto de voltar a ver os parentes. Além disso, eles foram surpreendidos ao ver que alguns colocaram sobre o traje especial do resgate uma camiseta com uma mensagem.

As camisetas têm uma grande estrela branca sobre um quadro azul e vermelho no peito, com a escrita “Graças Senhor!”. Na parte superior há outra frase que diz “Porque em suas mãos estão as profundezas da terra. E as alturas dos montes são suas. Do Senhor é a honra e a glória”, que corresponde ao versículo 4 do Salmo 95.

O pastor Carlos Parra, da Igreja Adventista da Região de Atacama, disse ao Terra que a mensagem das camisetas é preciosa e que os mineros mantiveram como um segredo o uso delas. “E (os mineiros) mantiveram, porque surpreenderam a todos”.

Alberto Segovia, irmão de David Segovia, um dos 33 mineiros, se mostrou gratamente surpreso. “Não pensávamos que iriam sair com elas, só com a roupa verde do resgate, porém quando vimos o primeiro com a camiseta, me surpreendi”, disse.

Segovia acredita que o fato de usarem a camiseta com essa mensagem deixa claro que os mineiros saem espiritualmente renovados da terra. “(David) me disse que saindo daqui a primeira coisa que iria fazer seria ir a uma igreja agradecer a Deus”, afirmou.

Desmoronamento
Em 5 de agosto, um desmoronamento na mina San José, em Copiapó, deixou 33 trabalhadores presos em uma galeria a quase 700 m de profundidade. Após 17 dias, as equipes de resgate conseguiram contato com o grupo e descobriram que estavam todos vivos por meio de um bilhete enviado à superfície. A partir daí, começou a operação para retirá-los da mina em segurança.

A escavação do duto que alcançou os mineiros durou 33 dias. O processo terminou no sábado, quando os martelos das perfuradoras chegaram até o abrigo onde eles estão. Concluída esta etapa, as equipes de resgate decidiram revestir o duto – ainda que parcialmente – para aumentar a segurança antes de retirá-los. Os trabalhadores são içados dentro da cápsula Fênix II, que tem 53 cm de diâmetro. Durante todo o percurso de subida, eles têm suas condições de saúde monitoradas, usam tubos de oxigênio e se comunicam com as equipes da superfície por meio de microfones instalados nos capacetes. A previsão inicial é de que o resgate de todos os mineiros leve entre 24 e 48 horas.

Fonte:http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4733103-EI16934,00-Mineiros+resgatados+surpreendem+ao+vestir+camiseta+religiosa.html

Comente