Contemplando a Jesus

Jesus veio revelar a DeusE todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito. 2 Coríntios 3:18, ARA.

 

Estudos interessantes têm sido feitos com criminosos endurecidos. Alguém observou que muitos dos homens e mulheres mais incorrigíveis eram fisicamente feios. Cresceram alvo de piadas e provocações. Ao olharem-se no espelho viam uma imagem repulsiva e desagradável. Então, com a permissão desses infelizes, cirurgias corretivas foram feitas. Em muitos casos os resultados foram dramáticos. Não apenas ocorreu uma mudança na aparência física, mas a conduta deles também melhorou sensivelmente.

Jesus não veio a este mundo com roupas finas, brilho ou pompa. “Ele não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada havia em sua aparência para que o desejássemos, ” profetizou Isaías (53:2 NVI). A “glória” de Jesus não estava na aparência exterior. A sua glória estava no que Ele era – alguém com a santa paixão de fazer a vontade divina.

Como contemplamos essa glória? Separando tempo para pensar em Sua vida. Esforçando-nos para ler a Bíblia e outros livros que exaltem a Sua história de vida – especialmente o livro “O Desejado de Todas as Nações”. Conversando com Ele. Mantendo os olhos abertos para ver o seu contínuo ministério em nosso favor.

Jesus Cristo é lindo, é totalmente desejável, destaca-se entre dez mil (Cantares 5:10, 16). Ele é o maior agente de mudança no mundo. Se nós o contemplarmos nos tornaremos como Ele.

Autor: William G. Johnsson

Comente