Oração diária – 10 dias de oração

“Uma das razões pelas quais não desfrutamos mais das bênçãos do Senhor é que não acatamos a luz que Ele tem prazer de nos dar com referência às leis da vida e da saúde” (Conselhos Sobre o Regime Alimentar, p. 16).

Comece o dia com oração: Que seja dedicado tempo, cada manhã, para começar o trabalho com oração. Não pense que isso é uma perda de tempo, pois é algo que perdurará através de séculos eternos. Dessa forma, o êxito e a vitória espiritual serão assegurados. Tudo irá responder ao toque das mãos do Mestre. É claro que as bênçãos de Deus devem ser reivindicadas, mas o trabalho não pode ser feito corretamente, a menos que o começo seja correto. (Testemunhos Para a Igreja, v. 7, p. 194.) Em seguir a Cristo e olhar para Aquele que é Autor e Consumador de nossa fé, vocês sentirão que estão trabalhando sob Seu olhar, que são influenciados por Sua presença e que Ele conhece os seus motivos. A cada passo perguntarão humildemente: “Isso agradará a Jesus? Glorificará a Deus?” De manhã e à noite, as suas orações fervorosas ascenderão a Deus em busca de Sua bênção e guia. A verdadeira ora- ção se apega à Onipotência e nos dá a vitória. Sobre os joelhos, o cristão obtém forças para resistir à tentação. (Ibid., v. 4, p. 615, 616).

Resultados da oração diária: – A pessoa que se volve para Deus em busca de auxílio, de apoio, de poder, mediante diá- ria e fervorosa oração, terá aspirações nobres, percepções claras da verdade e do dever, altos propósitos de ação e contínua fome e sede de justiça. Mantendo comunhão com Deus, seremos habilitados a difundir para os outros, por meio de nosso convívio com eles, a luz, a paz e a serenidade que reinam em nosso coração. A força obtida na oração a Deus, unida ao perseverante esforço no exercitar a mente na reflexão e no cuidado, prepara a pessoa para os deveres diários e mantém o espírito em paz em todas as circunstâncias. (O Maior Discurso de Cristo, p. 85).

Para resistir a Satanás: A santificação não é obra de um momento, uma hora ou um dia. É contínuo crescimento na graça. Não sabemos em um dia quão forte será nossa luta no dia seguinte. Satanás vive e está ativo e precisamos cada dia clamar fervorosamente a Deus por auxílio e força para resistir a ele. Enquanto Satanás reinar, teremos de subjugar o próprio eu, teremos dificuldades a vencer, e não há lugar de parada, nenhum ponto a que possamos chegar e dizer que o atingimos plenamente. (Testemunhos Para a Igreja, v. 1, p. 340).

Orar pelo Espírito Santo: Uma vez que este é o meio pelo qual havemos de receber poder, por que não sentimos fome e sede pelo dom do Espírito? Por que não falamos sobre Ele, não oramos por Ele e não pregamos a Seu respeito? O Senhor está mais disposto a dar o Espírito Santo àqueles que O servem do que os pais a dar boas dádivas a seus filhos. Cada obreiro devia fazer sua petição a Deus pelo batismo diário do Espírito. Grupos de obreiros cristãos se devem reunir para suplicar auxílio especial, sabedoria celestial, para que saibam como planejar e executar sabiamente. Especialmente devem eles orar para que Deus batize Seus embaixadores escolhidos nos campos missionários, com uma rica medida do Seu Espírito. A presença do Espírito com os obreiros de Deus dará à proclamação da verdade um poder que nem toda a honra ou glória do mundo dariam. (Atos dos Apóstolos, p. 50, 51).

Para entender a Bíblia: Os que professam crer em Jesus, sempre devem acercarse da luz. Cumpre-lhes orar diariamente para que a luz do Espírito Santo incida sobre as pá- ginas do sagrado Livro, a fim de que sejam habilitados a compreender as coisas do Espírito de Deus. (Fundamentos da Educação Cristã, p. 188, 189).

Oração dos pais: Tornem seu trabalho agradável por meio de cânticos de louvor. Se desejarem ter um registro limpo nos livros do Céu, nunca se irritem nem xinguem. Seja a sua oração diária: “Senhor, ensina-me a fazer o melhor. Ensina-me como fazer melhor trabalho. Dá-me energia e regozijo.” Ponham Cristo em tudo que fizerem, então sua vida se encherá de brilho e de gratidão. […] Façamos o melhor, avançando alegremente no serviço do Senhor, com o coração repleto de Seu regozijo. (Orientação da Criança, p. 148).

Esforço sincero: Uma vida de ora- ção e ações de graça, que faça incidir sua luz sobre a vida de outros, não é possível sem decididos esforços. Mas esses esforços hão de ser recompensados, trazendo bênçãos não só ao que recebe como também ao que dá. O espírito de trabalho desinteressado em favor de outros imprime ao caráter solidez e constância, revestindo-o da amabilidade de Cristo e dá a seu possuidor paz e felicidade. Suas aspirações são enobrecidas e não há nele lugar para ociosidade e egoísmo. Os que cultivam as virtudes cristãs hão de crescer, desenvolver nervos e músculos espirituais e ser fortes em seu trabalho para Deus. Revelarão uma percepção espiritual aguda, fé crescente e poder triunfante na oração. Os que se interessam pelas pessoas e se consagram completamente à salvação dos que erram cooperam o mais seguramente possível com a própria salvação. (Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 607).

Incenso suave: Cada manhã consagrem-se e a seus filhos a Deus para esse dia. Não façam cálculos para meses ou anos; eles não lhes pertencem. Um curto dia é o que lhes é dado. Como se fosse esse seu último dia na Terra, trabalhem para o Mestre durante suas horas. Deponham perante Deus todos os planos, para que sejam executados ou rejeitados, conforme o indique Sua providência. Aceitem Seus planos, mesmo quando sua aceitação exija renúncia de projetos acariciados. Assim, a vida será transformada cada vez mais segundo o modelo divino; e “a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus” (Fp 4:7; Ibid., v. 7, p. 44).

Entrega: Consagrem-se a Deus pela manhã; façam disso sua primeira tarefa. Seja sua oração: “Toma-me, Senhor, para ser Teu inteiramente. Aos Teus pés deponho todos os meus projetos. Usa-me hoje em Teu serviço. Permanece comigo, e permite que toda a minha obra se faça em Ti.” Essa é uma questão diária. Cada manhã consagrem-se a Deus para esse dia. Submetam-Lhe todos os seus planos, para que se executem ou deixem de se executar, conforme o indique a Sua providência. Desse modo, dia a dia poderão entregar às mãos de Deus a vida de vocês, e assim ela se moldará mais e mais segundo a vida de Cristo. (Caminho a Cristo, p. 70).

Comente