Você passa tempo suficiente com a sua família?

12573915_1054720741247583_7520182855838291214_n

Você passa tempo suficiente com a sua família?

Uma pesquisa britânica realizada em 25 países revelou que homens e mulheres dispõem hoje de apenas 36 minutos por dia – ou 15 dias por ano – para passar o chamado ‘tempo de qualidade’ com a família. Datas comemorativas, como o Natal, foram apontadas como as principais ocasiões em que esse tempo pode ser desfrutado. O resultado é que 75% dos pais sentem que seus filhos estão crescendo rápido demais e um terço deles afirma ter perdido momentos-chave do desenvolvimento das crianças.

Cerca de 50% dos 2 mil entrevistados afirmaram ainda que não conseguiam equilibrar bem a dose de tempo gasto com os entes queridos, principalmente pela necessidade de ficar longas horas no trabalho e ter uma rotina doméstica frenética.

O estudo britânico aponta um outro agravante para essa dificuldade de equilíbrio – mesmo quando estão em casa, os pais se ausentam. É comum que o tempo doméstico seja ocupado também com um ‘mergulho’ em aparelhos eletrônicos e redes sociais. Isso gera um descompasso.

O desequilíbrio é revelado também por uma confissão: 70% dos entrevistados admitiram que regularmente a família se reúne apenas para assistir televisão em silêncio, porque estão cansados demais para conversar.
A psicóloga Rebeca Stina vai as ruas conversar com as pessoas sobre a importância do tempo de qualidade.
Que tal tomar a decisão de passar tempo com quem você ama hoje?!

  1. Desligue-se e desligue-os. Todas as noites, afaste suas bugigangas eletrônicas – incluindo o telefone celular – por um período. De preferência, desligue tudo. Quando o aparelho está ligado, você dará atenção a ele. Não faça isso, dê atenção à família!
  2. Qualidade não é quantidade: Você não precisa dedicar o fim de semana inteiro ao ‘tempo de qualidade com a família’. Um sábado ou um domingo podem ser suficientes, mas faça com que eles aconteçam!
  3. Lembre-se de como esses dias voam. Se você enxergar cada dia que passa com seus filhos como um momento que não voltará, você dará um jeito de parar tudo que estiver fazendo e conversar com eles, brincar, ler, rir .
  4. Lembre-se de como os dias voam. Se você enxergar cada dia que passa com seus filhos como um momento que não voltará, você dará um jeito de parar tudo que estiver fazendo e conversar com eles, brincar, ler, rir
  5.  Crie espaços em casa para que a família possa estar reunida. Um cantinho aconchegante pode naturalmente atrair todos da casa para lá. Muitas vezes, os melhores momentos vêm quando não estamos fazendo ‘nada’.
  6. Separe um tempo para os filhos individualmente. Se todo o ‘tempo de qualidade’ se transformar em uma grande reunião de família, a obrigação pode se tornar algo muito opressor. Uma conversa com cada um separadamente pode criar laços mais fortes.
SaúdePlena

Comente