A relação sexual no casamento

casamento-sexo

1.         Deus criou a sexualidade para…

1.1       Unir o homem e a mulher num só ser (Gênesis 2:24) – Essa união acontece através do ato sexual. “Este é um mistério profundo” (Efésios 5:22-33). As diferenças são agentes de enriquecimento e complementação do casal, tornando a relação mais completa. São duas personalidades, dois indivíduos com diferenças físicas e psicológicas, mas ao mesmo tempo, um só ser. No plano de Deus, quando as pessoas se casam, passam a compartilhar tudo: seus bens, idéias, aptidões, problemas, alegrias, tristezas, fé e corpos.

1.2       O prazer (Cantares de Salomão) – Veja este resumo de uma conversa entre o rei Salomão e a Sulamita:

- “Você é toda linda, minha querida. Você faz disparar o meu coração. Quão deliciosas são as suas carícias! Você é um jardim fechado, minha noiva.”

- “Que o meu amado entre em seu jardim e saboreie os seus deliciosos frutos.”

- “Entrei em meu jardim, minha noiva. Comi o meu favo e o meu mel.”

(Cantares 4:7-5:1)

Esse é o teor de todo o livro: os prazeres nupciais do líder de Israel. Agora, imagine Adão e Eva, no Éden! Perfeitos, recém-saídos das mãos do Criador, com corpos vibrantes, em que cada célula se comunicava em perfeita harmonia; cada músculo belamente trabalhado movia-se em perfeita coordenação; o intelecto era puro, livre de qualquer contaminação social ou cultural. A experiência sexual deles deve ter sido extraordinária!

A experimentação do prazer sexual no casal não é uma relação marital mecânica, uma coisa só da carne. Deve haver comunicação, intimidade, ternura antes e depois do ato, e confiança intensificada de pertencer ao outro e com ele ser ‘um’. Deve existir respeito, igualdade e muito amor paciente e perdoador. Deus observa e aprova o ato sexual dos casais casados, entregues ao prazer inocente designado por Ele mesmo. Ele se alegra com a alegria que é pura e santa (Hebreus 13:4).

1.3 Retransmitirmos a vida que recebemos dEle (Gênesis 1:22 e 28) – A narrativa de Gênesis mostra a sexualidade, ordenada por Deus, num tempo em que o pecado não existia. Ter filhos é uma responsabilidade que deve ser intencionalmente desejada, planejada e esperada. Deus cria, nós procriamos. O amor de Deus se revela no fruto do amor humano.

2.         Benefícios que o sexo pode trazer, se praticado nos princípios dados pelo Criador

a) Biológico: satisfaz uma necessidade física, reduz tensões, traz intenso prazer e gozo.

b) Psicológico: produz intimidade e comunhão intensas; alivia a sensação de isolamento.

c) Social: estabelece a unidade, base social elementar.

d) Ético: ensina o equilíbio entre dar e receber, entre gozar e assumir a responsabilidade pelo bem do outro.

e) Espiritual: ajuda a entender a união que a Divindade busca ter entre Si e com o ser humano.

3.         Como aproveitar bem a lua-de-mel

A lua-de-mel é um costume cultural, extraído da idéia de que o primeiro mês(lua) é o mais doce. É um período mágico, cheio de expectativas. Por isso:

  • Procure ser aconselhado, antes de casar.
  • Evite que a viagem seja muito longa, pois a sobrecarga das realizações do casamento já é grande.
  • Planeje com antecedência: o tempo (pelo menos 5 dias); o local; o transporte; os gastos e os métodos para evitar a gravidez.
  • Saiba que o sexo, nas primeiras vezes, pode não ser tão prazeroso. A realização e a satisfação plena no relacionamento sexual leva semanas, meses e, em alguns casos, até anos.
  • Tenha a segurança de que, no ato sexual, vocês estarão totalmente sozinhos.
  • Dê exclusividade para o seu cônjuge. Não use o tempo para negócios, parentes, amigos ou outros interesses.

4.         Para ter vida sexual satisfatória, é preciso…

4.1 Conhecimento das diferentes respostas sexuais – Homens e mulheres são diferentes na forma como reagem aos estímulos sexuais. Para o homem, o desejo sexual está ligado ao acúmulo de líquido seminal, que traz consigo a necessidade física de eliminação. Por isso, o impulso sexual masculino é forte e constante. O homem também, mais do que a mulher, é atraído por aquilo que vê.

A mulher, embora dotada de impulsos equivalentes, tem reação mais lenta e não é tão impulsionada pelos estímulos visuais; para ela, são mais significativos os gestos, o romantismo e as palavras.

Quando o homem e a mulher têm consciência das diferentes necessidades um do outro e procuram supri-las, então, o sexo torna-se satisfatório para os dois.

4.2 Saber como os orgãos sexuais são e como funcionam – Ele e ela devem conhecer: a) as fases do ato sexual, como excitação, entrega, orgasmo e declinação; b) o que muda em cada fase; e c) como conseguir que, do princípio ao fim, a satisfação seja plena para os dois.

Procure se informar de fontes sadias, conselheiros confiáveis e bons livros, escritos por autores sérios.

5.         Para manter a chama viva…

Para manter os sentimentos ternos e românticos que embelezam a vida sexual, você pode fazer duas coisas:

1) Acentuar o aspecto positivo:

a) Cultivem o amor físico, separando tempo para estar juntos e em privacidade;

b) Cuidado com a aparência física. Ela demonstra apreço pela opinião do(a) parceiro(a) e respeito por si mesmo(a);

c) Conversem acerca das necessidades individuais, procurando o bem um do outro.

d) Manifestem carinho físico não sexual.

2) Eliminar o aspecto negativo:

a) Os sentimentos de hostilidade, a amargura e as expectativas irreais quanto ao seu cônjuge, para não impedir que o relacionamento se desenvolva.

b) As ações negativas como o excesso de atividades que provocam cansaço (as que podem ser eliminadas) e de tempo na frente da TV (esse hábito tem um efeito anestesiante e leva à inércia). Pessoas exaustas, confusas ou apáticas dificilmente possuem um bom relacionamento sexual.

c) O estímulo de fantasias extraconjugais.

6.         Sexualidade na terceira idade

Infelizmente, para muitos casais, a terceira idade significa que a atividade sexual está declinando. O ritmo sexual pode diminuir por muitas coisas, por exemplo, as mudanças físicas e as doenças. Mas, 75% das mulheres aos setenta anos, ainda querem sexo.

Para uma avaliação do sexo na terceira idade, verifique se existem quatro coisas: a) carinho mútuo e envolvimento; b) comunicação das necessidades, das alegrias e do interesse para com o outro; c) tempo suficiente para os momentos de intimidade, não sendo dedicados apenas os últimos minutos de um dia cansativo; e d) planejamento para que as relações sexuais não se tornem repetitivas, levando-se em conta a criatividade na variação do local, do momento, etc.

Na terceira idade, você tem a grande vantagem de poder usar sua maturidade e sabedoria para revitalizar seu relacionamento sexual.

 

infidelidade37.       A infidelidade

Um fato muito triste é que 68% dos homens e 43% das mulheres já traíram. Geralmente os homens traem por sentir desejo e a atração por outra pessoa. As mulheres, por causa dos problemas com os parceiros. Isso justifica? Não! E o interessante é que, raramente, o traidor deseja repetir a experiência.

Embora a traição e a infidelidade sejam aceitas por algumas pessoas, uma coisa é certa: causam muito sofrimento. O pior é que as conseqüências atingem também os filhos, os pais, os parentes, os amigos, etc.

O que fazer quando o relacionamento vai de mal a pior e a procura por outro “alguém” parece ser a melhor atitude?

  • Gaste sua energia procurando recompor seu casamento, e não alimentando fantasias de infidelidade.
  • Veja se houve em você alguma mudança física ou emocional (problemas com a saúde, com o trabalho, com os filhos, etc.) e analise se isso não está prejudicando o seu casamento. O uso de certos medicamentos e certas condições físicas causadas por doenças pode diminuir o desejo sexual.
  • Conversem, como casal, expressando seus sentimentos de insatisfação, de modo calmo, afável e sem mecanismos de defesa, censura, objeção ou sarcasmo.
  • Se não conseguirem compreender um ao outro, busque ajuda profissional.
  • Sempre peça a ajuda de Deus – Ele está interessado na felicidade plena do casal. Quando tudo o mais parece não ter funcionado, Deus ainda tem muitos recursos para reacender a chama do amor entre os dois cônjuges.
  • Pense e creia que uma outra pessoa interessante também terá problemas.

E quando se descobre que o cônjuge é infiel?

Algumas sugestões:

  • Tente agir com dignidade própria.
  • Lembre-se que, apesar do ocorrido, você tem grande valor!
  • Estabeleça, claramente, seus limites.
  • Busque investir em seu crescimento pessoal.
  • Trate o traidor com diplomacia, falando o essencial, não mendigando afeto.

Mas provavelmente, não será bom:

Armar uma cena dramática, perdendo o controle, fazendo ameaças, etc.

  • Insistir para que as coisas se modifiquem “aqui e agora”.
  • Solicitar o divórcio imediatamente, fazendo exigências financeiras, de abandono de filhos, parentes e amigos ou de colegas de trabalho, como castigo.
  • Ficar berrando ou se fazendo de coitado.
  • Sugerir ou suplicar outra oportunidade.
  • Dizer que nunca vai perdoar, ou que nunca mais vai conseguir confiar de novo.
  • Agir por impulso.

A melhor coisa é orar e refletir para colocar os pensamentos no lugar. Enquanto isso, pense: dificilmente, a traição é culpa só de um; como vocês têm sido, em relação ao casamento? Pessoas abertas, comunicativas e amorosas; ou gente indiferente, não comunicativa, passiva e desinteressada? Vocês têm cuidado da aparência pessoal? E o interesse sexual, como vai?

Quando ambas as partes, num casamento violado, reconhecem onde não desempenharam sua parte para o crescimento da relação e buscam o diálogo – a sós ou com alguém que forneça ajuda conveniente – a solução pode vir bem antes que haja separação. Mas se o cônjuge que traiu continuar na relação extraconjugal, sem abandoná-la e não se mostrar interessado pelo casamento, não lute sozinho – talvez a separação seja necessária.

Conclusão

A Bíblia considera o sexo como um brinde ao amor conjugal, uma magnífica experiência plena de amor em profunda expressão de alegria, deleite e dinamismo.

A sexualidade foi um presente dado por Deus aos seres humanos para a sua felicidade. Dentro do casamento, o sexo é um poderoso fator de união, prazer e intimidade. Os casais felizes devem sempre investir neste aspecto do seu relacionamento.

Leia mais sobre o que estudamos em:

O Ato Conjugal. Tim e Beverly Lahaye, Editora Betânia.

Sexo.  Respostas Honestas a Perguntas Sinceras. Jorge M. Bruno & Maurício Bruno, Editora Casa Publicadora Brasileira.

Testemunhos Sobre Conduta Sexual, Adultério e Divórcio. Ellen G. White, Editora Casa Publicadora Brasileira.

 

Momento de Refletir

1. Por que Deus criou o sexo no ser humano? _________________________________

2. Coloque ( C ) certo ou (E) errado.

(    ) É indispensável, para um bom entendimento sexual, que os cônjuges conheçam as diferenças emocionais e físicas um do outro.

(    ) Depois de um tempo de casados, não é preciso mais se preocupar em manter a chama do amor acesa.

(    ) Em caso de traição, o melhor é a separação, imediatamente.

(    ) Na terceira idade, a experiência sexual deve entrar em repouso.

3. Você e seu cônjuge conversam sobre suas necessidades sexuais? Se não, procurem saber um do outro sobre isso. ______________________________________________

Comente

Current month ye@r day *


  1. Daniela

    Essa é uma materia muito interessante, gostei muito. Eu também tenho algumas dúvidas sobre o sexo no casamento. Gostaria de saber mais.



  2. Gisele

    Amei a materia. Os jovens tem que ler para entender que o sexo foi um presente de Deus para unir o homem e a mulher e não para se divertir… Espero que continuem sempre assim ensinando as pessoas o que é certo e o que é ruim. Muito obrigada!!!



  3. Carmem de Jesus

    Achei muito propricio o material. Muito esclarecedor, de linguagem acessível e de importância para os dias em que vivemos. A infidelidade, a imoralidade, a falta de conhecimento de que o sexo e o usá-lo de maneira que não aguada a Deus, fazem desse momento tão especial algo banal e até comercializável. É um presente de Deus e não pecado ou obrigação para procriação. Enfim… gostei muito do material e vou recomendar a todos que puder. Podemos ajudar os que tem dúvidas mas se sentem constragidos em falar sobre o assunto.

    Gostaria de saber se há um espaço para perguntas e aconselhamentos. Espaço este onde possamos contar a nossa história e obter ajuda. Ficarei muito grata se puderem me responder.

    Estou satisfeita e, se posso dizer (no bom sentido) orgulhosa com essa iniciativa. Termino na confiança de que o sucesso é de Deus e que este material vai ajudar a muitas pessoas. Parabéns e espero respostas.



  4. adenilson lima

    Olha parabéns a todos, especialmente ao escritor do artigo que foi muito feliz ao ser usado por Deus para trazer um assunto muito bom, e que a igreja nessecita tanto.Que Deus continue à lhe inspirar com Espírito Santo à fim de trazer novas edições sobre o assunto.Que Deus abençoe a FAMÍLIA NOVO TEMPO



  5. mauricio dos santos cruz

    Com muita propriedade e sabedoria bíblica os programas Adventistas vem fazendo a diferença e conquistando almas para JESUS. Deus ilumine sempre esta igreja.



  6. Nelson

    Muito bom esse artigo realmente devemos penssar que o sexo e um presente de Deus e não usar de forma banal.gostei das dicas tambem!obrigado!



  7. vs

    eu sou adventista e tenho e algumas duvidas sobre o sexo ideal,alguns sei que e´totalmente reprovado por DEUS,mas meu marido e´católico e tem um outro conceito sobre a pratica do sexo,ja expliquei a ele mas esta complicado,tenho orado a DEUS para que ele entenda que os meus princípios saô como DEU deseja que seja .Hoje depois de tanto falar ,conversarmos ele aceitou fazer estudo biblico ja e´uma grande vitoria,mas em relaçao ao sexo ele contunua querendo que eu pratique deforma que não condiz com os meus princípios,o que devo fazer ja pensei em me separar,mas como tenho duas filhas maravilhosas tenho pedido a DEUS que faça com que ele mude seus conceitos ,e gostaria que voces oracem por nós.que DEUS abençoe todos .



    1. menezes

      Mostre para ele como DEUS quer que se pratique o sexo. Caso ele seja uma pessoa de bons principios ele irá entende-la, OK? Continue orando a DEUS que voce será vitoriosa!



    2. Celso Lopes

      Grorificado seja o nome de Deus – I Coríntios. 10:31 – “Portanto quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!”



  8. Mari

    Gostei muito desse artigo, e falando nesse assunto gostaria de fazer se é pecado um casal casado ir ao motel, qual a diferença de motel e hotel? Aguardo um retorno o quanto antes



    1. menezes

      bom fazer sexo em motel nao tem nada a ver se fizer o sexo dentro dos conselhos que deus manda nao e pecado



      1. Mari

        A biblia menciona algo sobre esse assunto, pois um pastor falou para a minha mãe uma vez que era errado.



  9. PRISCILA RIBEIRO

    conheci o programa no canal 35 a alguns dias através da minha avó e estou muito contente por conhecer mais e mais da biblia atraves do mesmo…desejo receber estudos em casa para que eu póssa saber mais e passar adiante..obrigada …fiquem com deus…



  10. Jackson F. de Lima

    Que materia maravilhosa. Por esse motivo amo essa família Adventista.
    Parabens.